Segredos que eu tenho mantido em meu coração. São mais difíceis de esconder do que eu pensei.
Arctic Monkeys.  (via eternue)

(via eternue)


(via pizzes)


Ouça aqui, mocinha. Não fique pensando que o mundo lhe pertence não. Não caia nessa onda. E outra coisa – não se esforce. Pelo o menos não tanto. Não fique ai remando contra a maré, dando murro em ponta de faca. Veja – se não fora pra ser, não vai ser. Acredite em mim. Coisa boba essa sua tentativa de ir além. E olhe, eu não estou pedindo pra você desistir não, não é isso. Eu só quero que você pense mais, que leia mais. Que tenha argumentos melhores. Você está muito nova ainda. Cresce!
Caio Fernando Abreu.   (via eternue)

(via eternue)


Eu sou apenas uma alma caminhando nesse vasto mundo, magoado demais para confiar e machucado demais para cicatrizar.
O Mundo Cinzento.   (via eternue)

(via eternue)



Um desejo: tirar as pessoas do meu coração com a mesma facilidade que elas entram.
Eternue. (via eternue)

(via eternue)


Eu queria ser ruim, coração frio, aquele tipo de pessoa que não se importa com ninguém além de si mesma. Porque só assim para não sofrer e ficar mal por atitudes que as pessoas fazem ou que muitas vezes deixam de fazer por mim. Mas infelizmente, eu sou uma idiota que se importa com todo mundo e perdoa, corre atrás e acha que as coisas vão ser diferentes da próxima vez.
 Eternue.  (via eternue)

(via eternue)


Não dá pra simplesmente parar de sentir. Não consigo me desapegar das pessoas tão fácil assim.
Eternue.  (via eternue)

(via eternue)


Já caí inúmeras vezes, achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
A Garota da Capa Vermelha. (via eternue)

(via eternue)


Desamarra a cara, perdoa minha voz alterada, meu olhar vazio, minha rispidez. Esquece a mágoa, aceita minhas desculpas, faz as pazes com meu coração. A vida é curta para a gente guardar rancor e alimentar desilusões.
Gabito Nunes.  (via eternue)

(via eternue)


(via dooceano)


De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades: Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma; cuidado com o que anda desabafando; conte até três; antes só do que muito acompanhado; esperar não significa inércia, muito menos desinteresse; renunciar não quer dizer que não ame; abrir mão não quer dizer que não queira. O tempo ensina, mas não cura.
Jô Soares.  (via eternue)

(via eternue)


Tô precisando fazer falta.

(via eternue)


Você torce pra que seja diferente pelo menos uma vez, mas não percebe que está fazendo tudo igual novamente.
Gramaticas.  (via acorrentei)

(via demimyall)


Querida mãe, querido pai, não sei mais conviver com as pessoas. Tenho medo de uma casa cheia de pais e mães e irmãos e sobrinhos e cunhados e cunhadas. Tenho vivido tão só durante tantos – quase 40 – anos. Devo estar acostumado. Dormir 24 horas foi a maneira mais delicada que encontrei de não perturbar o equilíbrio de vocês – que é muito delicado. E também de não perturbar o meu próprio equilíbrio – que é tão ou mais delicado. Estou me transformando aos poucos num ser humano meio viciado em solidão. E que só sabe escrever. Não sei mais falar, abraçar, dar beijos, dizer coisas aparentemente simples como “eu gosto de você”. Gosto de mim. Acho que é o destino dos escritores. E tenho pensado que, mais do que qualquer outra coisa, sou um escritor. Uma pessoa que escreve sobre a vida – como quem olha de uma janela – mas não consegue vivê-la. Amo vocês como quem escreve para uma ficção: sem conseguir dizer nem mostrar isso. O que sobra é o áspero do gesto, a secura da palavra. Por trás disso, há muito amor. Amor louco – todas as pessoas são loucas, inclusive nós; amor encabulado – nós, da fronteira com a Argentina, somos especialmente encabulados. Mas amor de verdade. Perdoem o silêncio, o sono, a rispidez, a solidão. Está ficando tarde, e eu tenho medo de ter desaprendido o jeito. É muito difícil ficar adulto. Amo vocês, seu filho, Caio.
Caio Fernando Abreu.  (via delator)

(via demimyall)